Buscar

Homens tem sentimento!

Hoje começamos uma série de posts especiais sobre MASCULINIDADE. A ideia é propor uma reflexão a respeito do tema, vem com a gente então!

Você foi incentivado na infância a falar sobre os seus sentimentos?

Essa foi a pergunta que fiz a alguns amigos meus, através de uma pesquisa. 72% respondeu que não teve este incentivo quando era criança. Este número alto me faz pensar na forma como educamos as crianças, não ensinando-as a lidar com seus próprios sentimentos: medos, inseguranças, dores, alegrias.

Meninos não são educados para dizer que estão tristes, e quando o fazem muitas vezes são repreendidos por mostrar "fraqueza". Chorar então? Algo da via do impossível para os meninos. Mas espera, biológica e cognitivamente eles têm a mesma capacidade que nós para sentir e expressar todas as sensações e sentimentos correto?


Corretíssimo!


O que acontece então?


Acontece que muitas crianças são fruto de uma criação dentro de um sistema patriarcal, machista, misógino e sexista. E calma, antes que achem que estou culpabilizando os adultos responsáveis pela criação, NÃO, isso não é culpa dos pais.


Isso é algo muito mais aprofundado, complexo e enraizado. Este ambiente que acabei de falar está visível na nossa sociedade. Somos fruto dele e fazemos parte dele.


E é possível mudar. É possível permitir-se sentir e dar vazão aos seus sentimentos. Ainda segundo a pesquisa que fiz, mais de 60% dos homens afirmaram que não tem o hábito de falar sobre seus sentimentos, ou seja, o sistema prossegue da mesma forma.


E o que podemos fazer então?


Podemos ensinar aos nossos filhos de uma forma menos enferma e mais saudável, sem estereótipos sem pré-conceitos, sem rotulações. Podemos enquanto adultos, rever esse conceito cristalizado que foi imposto pela sociedade e que ainda vigora na forma de ser. Podemos nos permitir descontruir para construir algo novo, mais real e em coerência com o que sentimos. Homens, permitam-se!


Trícia Ferreira 🌻

Psicóloga Clínica | CRP 10/02488


#masculinidade #precisamosfalarsobre #masculino #serhomem #masculinidadetoxica #homenstemsentimentos #homens #serhomem #homem #sensuspsibelem #sensuspsi