Buscar
  • Jennifer Andrade

Psicoterapia para mães - por Jennifer Andrade


Quando se pensa em maternidade geralmente vem a mente uma imagem romantizada, aquela cena linda de uma mãe amamentando e sorrindo. Porém, nem tudo é colorido na vivência materna.


Tornar-se mãe é uma experiência única na vida de uma mulher, e pode trazer emoções e medos diversos, uma verdadeira montanha russa de sentimentos.


Desde a gestação vem questionamentos do tipo: "como será o parto?", "será que vou ser uma boa mãe?", "será que meu bebê vai nascer saudável?"...


Após o nascimento de um filho, novos medos e questionamentos surgem, como a amamentação, a mudança de rotina, o sono, as transformações nos papéis sociais, o retorno ao trabalho...


E apesar de não se falar muito sobre isso, esse período pode desencadear adoecimentos emocionais tais como depressão, ansiedade, pânico, dentre outros.


É fundamental que se possa falar sobre isso, sobre as outras cores da maternidade e não apenas o lado cor-de-rosa (e azul). A psicóloga perinatal é a profissional que irá olhar para todas as particularidades de cada história e cuidar da saúde mental da mulher desde a gestação, parto e pós-parto.


A psicóloga permite à mulher um espaço para falar sobre suas dúvidas e medos, além de oferecer o suporte para a compreensão de todas as transformações do novo papel materno, ajudando-lhe na sua constituição enquanto mãe.


Onde a psicóloga perinatal pode ajudar:


* Intercorrências (prematuridade, bebês com deficiência, óbito);

* Relacionamento com a rede de apoio e com o pai do bebê;

* Vínculo entre mãe e filho;

* Dificuldades sobre o parto e pós-parto;

* Questões relacionadas à amamentação;

* Idealização da maternidade

* Adoecimentos psíquicos perinatais;

* Infertilidade;

* Entre outros.


O atendimento pode ser feito através de psicoterapia, mas também, de grupos de tentantes, pré-natal psicológico e pós parto, e é indicado para todas as tentantes, gestantes e puérperas, mas especialmente para aquelas que possuem histórico de adoecimento psíquico.


Toda mãe merece ser cuidada, e esse cuidado começa de dentro! 💓


Texto escrito pela psicóloga Jennifer Andrade - CRP 10/4057