Buscar

Desvendendo a Avaliação Neuropsicológica


A Neuropsicologia foi reconhecida como especialidade em Psicologia através da Resolução CFP Nº 014/2000 de 20 de Dezembro de 2000.


1- O que é Avaliação Neuropsicológica?

Também denominada Exame Neuropsicológico, é uma investigação sensível para avaliar a integridade do funcionamento cerebral, explica dificuldades nas funções cognitivas, comportamentais e emocionais decorrentes de alterações psicológicas ou neurológicas.

2- Qual objetivo da A.N?

Descrever as funções desenvolvidas e preservadas, assim como as funções imaturas e

deficitárias, permitindo auxiliar no Diagnóstico e definição de técnicas que

potencializam sua Reabilitação, como também analisar a intensidade e até mesmo a

evolução da patologia.

3- Quais os pilares da A.N – Quais instrumentos utilizados na A.N?

Testes cognitivos, testes neuropsicológicos, entrevistas, observação comportamental

(observação clínica) e as escalas de avaliação de sintomas.

4- Quando solicitar?

Quando observado alguma alteração neurológica Ex. desordem percebida após AVC;

Traumatismo Craniano; declínio cognitivo; neurodesenvolvimento infantil atípico;

dificuldade na aprendizagem; mudanças comportamentais e emocionais com prejuízos

na funcionalidade do indivíduo.

5- Diferença entre Exames de Imagens e Avaliação Neuropsicológica.

Os exames de imagens evidenciam alterações na estrutura cerebral, enquanto que o

exame neuropsicológico evidencia alterações no funcionamento cerebral. Daí sua

importância, pois as alterações cognitivas (desatenção, alteração na memória,

insistência nos mesmos assuntos, desorientação espacial, dificuldade ou perda da

autonomia no desempenho das atividades cotidianas) demonstram que algo precisa ser investigado. Aumentando as chances de preservar a qualidade de vida do paciente.

6- Qual Especialização escolher: Avaliação Psicológica ou Neuropsicologia?

Depende do objetivo de atuação do profissional psicólogo. Exemplificando: se

pretende atuar na área Organizacional, a Esp. Em A.P é um diferencial, porém, se

pretende atuar na área clínica, a Esp. em Neuropsicologia possibilita atuação com

Avaliação para subsidiar Diagnósticos, Tratamentos e/ou com a Reabilitação

Neuropsicológica. Além de enriquecer a observação e o raciocínio clínico. Texto escrito pela neuropsicóloga Sônia Bezerra - CRP 10/02543

Conheça mais do trabalho da Sônica, clicando no link acima ou na imagem que ilustra este post.