• Sensus Psi

Alzheimer e Fonoaudiologia


O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social e interferindo no comportamento e na personalidade da pessoa.

Os efeitos começam a ser percebidos a partir da terceira idade.


Sua ocorrência tem como principal fator a perda das funções intelectuais do idoso, tais como déficit de memória, alteração de comportamento, letargia no pensamento, mudanças emocionais, entre outros. Consequentemente, o portador da doença pode apresentar depressão, regressão, apatia e falta de noção de tempo e espaço.

Por ser uma doença que progride com o passar do tempo, a atuação do Fonoaudiólogo se faz necessária, visto que em termos de comunicação o paciente passa a ter grande prejuízo na linguagem, a fala começa a ficar entrecortada, a composição de frases ficam sem sentido etc.

Sendo assim, o tratamento mais eficaz é através do estímulo e resposta, de modo que a participação da família é primordial para que o acometido pelo Mal de Alzheimer apresente quadros de melhora relativamente positivos. Elogios em atividades estimuladas pelos familiares devem ser constantes, resultando em aprendizagem e memorização.

Veja algumas dicas de como retardar os efeitos da doença degenerativa:

1- Com a intenção de orientar a noção de tempo e espaço é preciso que o calendário esteja em local de fácil acesso, a fim de que o portador do problema saiba qual o dia e o mês em que está;

2- Constantemente, o paciente deve ser estimulado a verificar as horas, para que seja adotada uma rotina no qual ele não se sinta ansioso e nem sofra alterações emocionais;

3- Não alterar a localização dos móveis, de modo que o paciente possa ter dificuldades com alterações no ambiente doméstico;

4- A nomeação das coisas e a troca verbal deve ser atividade constante, para que através da comunicação e da audição os mecanismos cognitivos estejam sempre em atividade;

5- Uma pergunta deve ser seguida sempre com opções de respostas, sendo, se possível, mostrado os objetos: Você quer usar calça ou shorts (por exemplo);

6- Estímulo à participação de atividades diárias;

7- Em ambientes atribulados, ou seja, com baixa tranquilidade, o idoso perde concentração e a capacidade de manter a calma. Dessa forma, é recomendado que ele esteja em locais tranquilos.


Escrito por:

👩‍⚕- Leila Caxiado | Fonoaudióloga clínica | CRFa 9 7323 5


Realizamos atendimento fonoaudiológico em pacientes com Alzheimer. Para mais informações entre em contato: (91) 99606.5737/ 98447-8109

0 visualização