Buscar

A clínica gestáltica com crianças - por Mônica de Oliveira


Sob a perspectiva da gestalt-terapia o ser humano constitui-se e constrói-se a partir das relações, por isso, a família é vista como uma totalidade, sendo que cada membro que a compõe tem suas vivências singulares e únicas,sendo assim o campo familiar da criança é importante para compreender como os vínculos são estabelecidos.


No decorrer dos atendimentos com a criança, tem as sessões compartilhadas, que são realizadas no consultório com toda a família e são salutares, pois a família interage e amplia a possibilidade de uma melhor comunicação e um melhor funcionamento familiar.


Ao considerarmos que a linguagem da criança é predominantemente lúdica, o espaço terapêutico precisa ser pensado, para que a criança possa desenvolver seu potencial criativo através do brincar, desenhar, pintar, jogar, escultura de massinha ou argila, fantoches, entre outros, pois os recursos são os mais diversos em gestalt-terapia, possibilitando que a criança expresse suas emoções da melhor forma para ela.


Ser psicoterapeuta infantil é ter disponibilidade para brincar, sentar no chão, se sujar e por vezes sair descabelada da sessão rs... É estar de fato numa interação legítima e autêntica com a criança,sobretudo, a Gestalt-terapia possibilita um fazer ético, respeitoso, acolhedor, sem julgamento, acreditando no desenvolvimento e potencial criativo do cliente.


✒️Mônica Oliveira - CRP 10/02138